quinta-feira, 07 de julho de 2022

Plano de contingência Covid-19

Mais de um ano depois do primeiro registro de Covid-19, o Brasil tem registrado números recordes de adoecimentos e óbitos.

Para manter a saúde e segurança dos trabalhadores, é essencial que a empresa desenvolva um plano de contingência e continuidade das operações para casos de surto.

  • O plano ajudará a fazer uma preparação para a possível chegada da Covid-19 no trabalho. O projeto também pode valer para outras emergências de saúde;
  • Os temas do plano devem incluir como manter a atividade da empresa, mesmo que um número significativo de funcionários, colaboradores e fornecedores não se desloquem ao local habitual por causa de restrições de viagens ou doença;
  • Elabore e compartilhe o plano com as lideranças, os funcionários/ colaboradores e garanta que eles saibam o que fazer com base nas diretrizes, através de perguntas e respostas ou simulados. Destaque os pontos principais como importância de ficar longe do trabalho, mesmo sendo durante sintomas leves e procurar o auxílio médico para acompanhamento;
  • Verifique se o plano considera os efeitos sociais e de saúde mental de um caso de Covid-19 no trabalho e se contém uma seção de informações e apoio;
  • Para as pequenas e médias empresas que não dispõem de apoio nas áreas de saúde e bem-estar em nível interno, recomenda-se fechar parcerias e planos com companhias que prestam serviços sociais e de saúde antes de ocorrer uma emergência;
  • As autoridades de saúde pública local ou nacional podem oferecer apoio e orientação para que seu plano seja desenvolvido.

CUIDADOS BÁSICOS

  • Verifique se os locais de trabalho estão limpos e higienizados;
  • Limpe regularmente superfícies como mesas e balcões, ou objetos como telefones e teclados com desinfetante;
  • Assegure que funcionários, colaboradores e clientes tenham acesso a locais onde possam lavar as mãos com água e sabão.
  • Reforce o uso de máscaras e o distanciamento social, de preferência com sinalização para manter o distanciamento.

Fonte: ONU News (http://bit.ly/3q8EObj).

Revisão: Fernando Akio Mariya

Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui