sexta-feira, 24 de junho de 2022

Iluminação adequada em ambientes internos

A iluminação adequada em todos os locais de trabalho internos é essencial para o conforto dos trabalhadores e para a produção da empresa. Para alcançar essas condições é necessário que os níveis de iluminamento atendam à NHO 11 que é citada na NR 17 (ergonomia).

AÇÕES IMPORTANTES

A Norma de Higiene Ocupacional nº 11 da Fundacentro – Avaliação dos Níveis de Iluminamento em Ambientes Internos de Trabalho prevê entre os pontos mais importantes as seguintes ações:

  • Realizar avaliação do nível de iluminamento nos postos de trabalho e fazer a comparação com os valores do Quadro 1 da NHO 11 (permitida uma tolerância de 10% abaixo desse valor);
  • Observar que como nem sempre a atividade avaliada estará listada no Quadro 1, o valor de iluminância mínimo exigido pode ser obtido por associação com tarefa similar do referido Quadro 1;
  • Calcular a iluminância média do ambiente de trabalho conforme método estabelecido no Anexo 1 da NHO 11;
  • Verificar se os dados de iluminamento do posto de trabalho não estão inferiores a 70% da iluminância média, mesmo que haja recomendação para um valor menor no Quadro 1;
  • Observar para que em áreas nas quais são realizadas tarefas de forma contínua, a iluminância não seja inferior a 200lux, independente da indicação do Quadro 1;
  • Garantir para que em situações nas quais exista o uso de iluminação suplementar (ex: abajur), seja verificada a iluminância nas áreas do entorno imediato, ou seja, uma zona de no mínimo 0,5 m de largura ao redor da área da tarefa dentro do campo de visão. A iluminação do entorno não deve ser inferior aos valores indicados na Tabela 1 – Iluminância do entorno imediato em função da iluminância da área da tarefa;
  • Atentar para o fato de que a razão entre o maior valor de iluminância medido na área da tarefa e a iluminância média daquele ambiente, não seja superior a 5:1 (quando a iluminação da área da tarefa for superior a 2.500 lux, essa relação não se aplica);
  • Complementar a análise da iluminação com a avaliação preliminar que consiste na verificação de aspectos como ofuscamento, cintilação, efeito estroboscópico, direcionalidade, sombras excessivas, aparência da cor e contraste.

ATENÇÃO!

Todas essas informações devem estar presentes em um relatório técnico com informações de acordo com o estabelecido pela NHO 11.

Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui