quarta-feira, 10 de agosto de 2022

Checklist para ferramentas abrasivas – Discos abrasivos ou rebolos

Equipamentos fixos e ferramentas portáteis com discos abrasivos ou rebolos são máquinas que requerem cuidados especiais de segurança.  Os produtos atuais são fabricados para serem seguros, mas é necessário o cuidado preventivo e disciplinado para uma operação segura em todas as situações. Chamaremos genericamente os vários tipos de discos ou rebolos de “rebolos”.

ASPECTOS GERAIS

  • Todos os rebolos são testados pelo teste do sino antes de serem montados? (veja ilustração)
  • É verificada a máxima velocidade permitida indicada para o rebolo?
  • É clara a proibição de forçar o rebolo lateralmente?
  • A porca do fuso está apertada apenas o suficiente para manter o rebolo fixado?
  • Todos os operadores usam proteção ocular e facial?
  • Todas as superfícies (rebolo, flanges, apoios) estão limpas e isentas de corpos estranhos?
  • Não altere o furo do rebolo e não o force sobre o eixo
  • Inspecione as flanges, que devem ser iguais e de diâmetro mínimo 1/3 do diâmetro do rebolo, estar limpas e paralelas
  • Ao ligar a máquina, saia da “linha de tiro” do rebolo. Deixe girar livremente por 2 minutos para alívio de tensões
  • Rebolos empastados devem ser “dressados” periodicamente, pois superaquecem e podem quebrar
  • Nunca force demasiadamente o rebolo ou a peça no rebolo e interrompa a operação se houver superaquecimento

EQUIPAMENTOS DE PEDESTAL OU BANCADA

  • Os equipamentos de pedestal ou bancada possuem proteção de máquina?
  • A proteção cobre a ponta do fuso,  porca e as projeções da flange?
  • A máxima abertura angular exposta do esmeril é de 90o? (exceções para trabalhos abaixo do plano do fuso = 125o com no máximo 65o acima do plano horizontal)
  • Existem apoios de peças, são mantidos ajustados próximos ao rebolo (máximo 2 a 3mm), e de fácil regulagem? São reajustados periodicamente?

FERRAMENTAS PORTÁTEIS ABRASIVAS

  • Todas as ferramentas com rebolos acima de 50 mm de diâmetro possuem proteções?
  • A máxima abertura angular exposta  é de 180o?
  • O formato da proteção é adequado para servir de anteparo para o operador  contra  eventuais estilhaços do esmeril?
  • Sempre recoloque a proteção original ao trocar o rebolo.

REQUISITOS PARA AS PROTEÇÕES

  • As proteções e sua fixação irão resistir adequadamente aos fragmentos de esmeril em um eventual rompimento?
  • As proteções são mantidas alinhadas aos rebolos?
  • As proteções são mantidas a uma distância máxima de 6mm dos rebolos?

O Teste do Sino (Veja também NBR 15230)

Os rebolos devem ser batidos levemente em pontos – chave quando suspensos pelo furo por um lápis ou similar (os grandes rebolos devem ficar apoiados no chão duro),  com o cabo de uma chave de fenda ou martelo apropriado. Rodar o rebolo 45o e repetir. O som deve ser cristalino e semelhante a um sino. Um som surdo indicará que o esmeril pode estar trincado e deve ser refugado.

Fontes:

1. NIOSH  Abrasive Wheel Machinery & Tools – Safety Checklist Program for Schools | NIOSH | CDC

2. Segurança – MONTAGNA abrasivos industriais

Colaboração: Mário Fantazzini

Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui