quarta-feira, 29 de junho de 2022

Evento “Segurança 360º” da Pilz do Brasil debateu diversos temas relacionados a automação e segurança em máquinas

Fonte: Pilz do Brasil

Os bons resultados que a Pilz do Brasil, referência em sistemas de automação e em soluções de segurança para máquinas, vem obtendo em seus treinamentos e cursos on-line motivaram a empresa a desenvolver o webinar gratuitoSegurança 360º”. Para o evento, foram convidados especialistas em Safety e Secutiriy de renomadas empresas que, entre os dias 14 e 18 de março deste ano, apresentaram diversos temas de interesses aos profissionais que militam neste setor.

Com duração de quase 14 horas, o webinar foi intermediado por Gabriela dos Santos, Gerente de Marketing da Pilz do Brasil e contou com a participação de 260 pessoas. A explanação de cases serviu para reforçar o amplo conteúdo abordado, suscitando a participação do público que dirigiu muitas perguntas aos palestrantes.

O evento teve início com a palestra “Introdução à NR-12 – Segurança no trabalho em máquinas e equipamentos”, apresentada por Maurício Barile, CMSE®, International Services and Training Engineer, da Pilz Irlanda. Barile discorreu sobre a importância da segurança de máquinas, como também ressaltou os processos necessários para garantir a conformidade com a legislação de segurança, a NR12, detalhando cada passo do ciclo de segurança de uma máquina.

Em Cobots: Segurança e Integração na Indústria 4.0”, Rogério Vitalli, diretor executivo do I.A.R. (Instituto Avançado de Robótica), explanou sobre as definições e os conceitos a respeito de robôs colaborativos, destacando os diferenciais como o fato de permitir o trabalho seguro lado a lado com humanos, mencionando também tendências e inovações em segurança para esse tipo de robô.

Na palestra Distâncias seguras de equipamentos de detecção de pessoas”, Barile abordou as características necessárias para aplicação de dispositivos de segurança, tais como: cortinas de luz e scaners que precisam ser instalados a uma distância correta, de forma que a detecção aconteça a tempo suficiente para a parada da máquina.

Os veículos autônomos industriais vêm ganhando espaço na indústria nacional e mundial. Por isso, o tema preenche uma lacuna existente em pequenos e grandes projetos.  Na palestra, “AGV’s seguros”, Evandro Ferreira, gerente de operações da Sinova, comentou sobre as paradas seguras (que evitam colisão com pessoas e/ou objetos), que possuem scanners como sensoriamento ideal para esse tipo de parada.

“Segurança na indústria robótica” foi tema ministrado por Raissa Carmona, Engenheira de Aplicação, da Yaskawa Motoman do Brasil. Durante suaapresentação, Raissa explicou como operam os robôs industriais, as células robotizadas e as ferramentas para o desenvolvimento de projetos. A engenheira aprofundou o tema com simulações, vídeos e imagens de diversas aplicações.

Em “Sistemas de Controle de Segurança – NBR ISO 13849”, Barile avaliou os conceitos de nível de desempenho de um sistema de segurança e as principais diferenças com o sistema baseado puramente em categorias, mostrando as vantagens de aplicação desse novo conceito.

A eletricidade tanto é fundamental para a vida humana quanto pode ser fatal se utilizada sem a devida segurança. Essa foi a temática ressaltada pelo engenheiro Leandro Souza, diretor técnico e comercial da Lemi Engenharia, em NR-10 – segurança em instalações e serviços de eletricidade”. Durante sua apresentação, além de cases instalados pela Lemi Engenharia, Souza tratou desde a introdução à NR-10, desde desenergização e energização até quem pode fazer intervenções em eletricidade, esquema de aterramento, spda e equipotencialização.

A evolução da tecnologia de segurança em válvulas pneumáticas ao longo do tempo foi o assunto desenvolvido por Celso Tadeu Carciofi,diretor de Marketing e Vendas, da ROSS Controls Brasil, emSegurança pneumática”. Na oportunidade, foram demonstrados os tipos de válvulas aplicadas na mitigação do perigo identificados em máquinas e dispositivos, conforme exigidos pelas normas NR12 e NBR ISO 13843-1 e 2.

Na palestra “Controles de acesso seguro” ministrada por Leonardo Fazzilani da Silva, CMSE®, do Suporte à Clientes & Treinamentos da Pilz, foram destacados os conceitos básicos de industrial security, comparação com conceito de safety, normas relevantes e exemplos de aplicação.

Patrícia Matos, consultora técnica de Serviços PL, da Nortel, em NR-06 – equipamento de proteção individual” falou sobre a NR 6 (objetivo e principais responsabilidades), e o item 6.1 da norma referente aos EPI´s. Também analisou alguns serviços (EasyPlant) que necessitam de inspeção, laudos ou treinamentos, segundo as normas regulamentadoras.

Como se preparar para ter um ambiente melhor e protegido e de maneira contínua? Cibersegurança industrial: existe risco ao sistema de controle? Foram essas questões destacadas por Sabino Ferrero, da Sabino-KEY Consultoria. Em Cibersegurança industrial”, Ferrero comentou que os sistemas de controle apresentam vulnerabilidades a ataques cibernéticos. Ressaltou, porém, que é possível ter um plano de mitigação de riscos e de proteção do sistema de automação industrial, além de apontar os principais pontos desse roteiro de melhorias.

Leonardo Fazzilani da Silva, durante a exposição de “Aplicações de segurança para a indústria 4.0”, analisou as aplicações de segurança para a indústria 4.0. Na ocasião, revelou o cenário atual das tecnologias de safety e security, tendências e recursos disponíveis para aplicações relacionadas à segurança.

Na última palestra do evento, Marcio L. Damelio, gerente técnico da Ativa Automação e Segurança, ministrou “Atualizações em normas de segurança”, demonstrando as principais normas de segurança publicadas pela ABNT e ISO, as últimas normas publicadas e/ou atualizadas, com também houve esclarecimentos quanto ao conteúdo de algumas delas.

No encerramento do webinar “Segurança 360º” foi feito um sorteio de um curso da Pilz do Brasil para quem participou todos os dias do evento. O sorteado foi Paulo Desingrini, da Engede Soluções Técnicas. O público também recebeu um certificado de participação.

Sobre a Pilz do Brasil

A Pilz é uma empresa internacional de tecnologia de automação e em soluções de segurança de máquina, sendo esse seu diferencial. Sediada em Ostfildern, Alemanha, está presente em todos os continentes através de 42 subsidiárias. De caráter familiar possui 2.400 funcionários e três parques fabris, na Alemanha, França e China, sendo que na Irlanda possui uma unidade de desenvolvimento de software. No Brasil, está presente há 23 anos, com sede em Indaiatuba – SP.

Os produtos da empresa incluem tecnologia de sensores, relés de monitoramento eletrônico, relés de segurança, sistemas de controle configuráveis e programáveis, soluções de automação com controle de movimento, sistemas para comunicação industrial, bem como soluções de visualização e terminais de operação.

As soluções da Pilz podem ser utilizadas em todos os campos da engenharia, nos segmentos de embalagem, automotivo, farmacêutico, ferroviário, prensas, energia eólica, entre outros. Essas soluções garantem a segurança do operador em seu ambiente de trabalho.

Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui