terça-feira, 24 de novembro de 2020

Proposta garante aposentadoria especial para profissional que atue na área de saúde na pandemia

Fonte: Agência Câmara de Notícias

O Projeto de Lei 3016/20 garante aposentadoria especial ao profissional de saúde e apoio à saúde que tenha trabalhado diretamente no enfrentamento da pandemia de Covid-19 em ambiente hospitalar. Pelo texto, a aposentadoria será aos 60 anos com, pelo menos, 25 anos de contribuição.

A comprovação da atuação deverá ser feita por laudo individual, por médico do trabalho ou por engenheiro de segurança de trabalho. O uso de equipamento de proteção individual (EPI) não impede a aposentadoria especial.

A proposta, do deputado Ronaldo Carletto (PP-BA), tramita na Câmara dos Deputados. Segundo ele, o enfrentamento da pandemia tem colocado em risco a saúde e a vida de quem atua na linha de frente da crise: os profissionais de saúde e os de apoio. “Esses profissionais de apoio à saúde estão expostos da mesma forma que os demais e devem fazer jus à aposentadoria especial”, disse.

Desde a Reforma da Previdência de 2019 (Emenda Constitucional 103/19), trabalhadores da área da saúde podem ter aposentadoria especial caso exerçam atividade de baixo risco: podem se aposentar ao 60 anos de idade e 25 anos de atividade. Assim, o texto garantiria a profissionais de apoio, como vigilantes, auxiliar de serviços gerais, recepcionistas, auxiliar de lavanderia, administrativos e agentes funerários o mesmo benefício previdenciário já previsto a profissionais de saúde em atividades de baixo risco.

Artigos relacionados

RJ: rebocador afunda na Bacia de Campos e 18 tripulantes são resgatados com vida

Fonte: G1 Um barco rebocador que fazia a medição da profundidade do oceano na região do Cabo de São Tomé, na Bacia de Campos (RJ),...

Presidente reeleito da Animaseg avalia gestão e aponta prioridades

Por Raira Cardoso/Jornalista da Revista Proteção A nova diretoria da Animaseg (Associação Nacional da Indústria de Material de Segurança e Proteção ao Trabalho) que estará à...

Médicos do Trabalho não podem mais usar dados do prontuário do trabalhador para contestação do NTEP

Por Raira Cardoso/Jornalista da Revista Proteção Cumprindo a decisão do Judiciário que transitou em julgado publicada no dia 2 de outubro, o Conselho Federal de...

Abatedouro terá de cumprir 43 normas para garantir SST

Fonte: Justiça do Trabalho A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho deferiu tutela preventivo-inibitória para determinar que a Bello Alimentos Ltda. cumpra 43 normas...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui