sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Diesat celebra 40 anos com lançamento de livro

Por Martina Wartchow/Jornalista da Revista Proteção

Para marcar o ano em que completa 40 anos de atividade, o Diesat (Departamento Intersindical de Estudos e Pesquisa de Saúde e dos Ambientes de Trabalho) lançou o livro ‘O controle social em saúde do trabalhador e da trabalhadora no Brasil – Práticas territoriais’. A publicação traz os resultados de projeto desenvolvido sobre o tema nas 27 unidades federativas do Brasil com a participação de 1.647 pessoas.

O Diesat é uma entidade intersindical, suprapartidária e referência técnica nos conteúdos relacionados ao campo da Saúde do Trabalhador, desenvolvendo ações no campo da pesquisa, estudos e formações para subsidiar a classe trabalhadora. “É o espaço criado pelo movimento sindical para apoiar e sustentar tecnicamente as ações políticas no que se refere à saúde e trabalho”, ressalta o coordenador técnico da entidade, Eduardo Bonfim da Silva, graduado em Administração e especialista em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana.

Eduardo afirma que, ao longo desses 40 anos, várias ações da entidade tornaram-se um marco referencial e histórico na luta dos trabalhadores por melhores condições de trabalho e vida. Entre elas, cita a implementação dos Programas de Saúde do Trabalhador, que se tornaram, posteriormente, com a legislação do SUS (Sistema Único de Saúde), os Cerest (Centros de Referência em Saúde do Trabalhador. “Através do Diesat, surgiu o movimento nacional em defesa da seguridade social pública e de qualidade, impedindo a iniciativa do governo FHC de privatizar o SAT (Seguro de Acidente de Trabalho)”, complementa.

PILARES

Segundo o coordenador técnico, um dos principais pilares de atuação do Diesat é a formação continuada em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora por meio de cursos para entidades filiadas com métodos integrativos, fomentando a discussão a partir dos conhecimentos prévios dos participantes, com conteúdo geral para as diferentes categorias de trabalhadores e atores sociais personalizado de acordo com as demandas do público alvo. “Destaco, em especial, o ‘Projeto de Articulação e Qualificação do Controle Social em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora’, apresentando-se como mecanismo de qualificação da atuação do controle social para execução da PNSTT (Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora), capacitando mais de 1.600 atores em oficinas de formação”, afirma. Cita, ainda, a luta histórica pelo banimento do amianto no Brasil por meio de ações em conjunto com MPT (Ministério Público do Trabalho) e Abrea (Associação Brasileira dos Expostos ao Amianto).

Conforme Eduardo, o novo livro é resultado do projeto Articulação e Qualificação do Controle Social em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora a partir de uma parceria com a CISTT/CNS (Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora/Conselho Nacional de Saúde) e CGST/MS (Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador/Ministério da Saúde) por meio de acordo técnico com a Opas (Organização Pan-Americana da Saúde). “Apresentando-se como mecanismo de qualificação da atuação do controle social, de todos os entes federativos, para execução profícua da PNSTT”, observa.

Complementa que a estrutura da publicação traz um histórico sobre os 40 anos de atividades do Diesat; a relevância do campo da Saúde do Trabalhador na construção da luta social; uma síntese do projeto abordando cada região do País com um retrato das CISTTs municipais e estaduais; bem como uma pesquisa com o perfil dos participantes por meio de 27 oficinas de Formação do Controle Social em Saúde do Trabalhador, permitindo, desde o primeiro contato com cada Estado, o reconhecimento das condições materiais e objetivas de práticas em Saúde do Trabalhador dos diferentes territórios. Nos encontros, três temários foram apresentados: processos produtivos e os impactos à saúde do trabalhador e da trabalhadora; PNSTT; e o papel do controle social na saúde do trabalhador. Acesse o livro no site https://bit.ly/36s0Q2k.

Artigos relacionados

Ferramenta de Inteligência Artificial pode aprimorar Fiscalização

Por Raira Cardoso/Jornalista da Revista Proteção Dados do Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho demonstram que, entre 2012 e 2018, foi verificada uma morte...

Trabalhadores morrem em acidente entre ônibus e caminhão em rodovia no interior de SP

Fonte: G1 Um acidente entre um ônibus e um caminhão deixou 41 mortos na manhã desta quarta-feira (25) em Taguaí, na região de Avaré (SP),...

Investigação preliminar de explosão em unidade da Liquigás aponta trabalho a quente como possível causa

Por Raira Cardoso/Jornalista da Revista Proteção No dia 17 de novembro, uma explosão no centro de envase, armazenamento e distribuição de GLP da Liquigás, em...

Fundacentro oferece curso de gerenciamento de riscos ocupacionais

Fonte: Fundacentro O curso “Gerenciamento de Riscos Ocupacionais – a nova NR 1” será realizado entre os dias 8 e 17 de dezembro de 2020...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui