quarta-feira, 10 de agosto de 2022

Corpo de trabalhador morto soterrado por soja é encontrado após 22h de buscas

Fonte: G1

O corpo de Elias Venâncio da Silva, de 47 anos, foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros, na tarde desta terça-feira (05/07), após 22 horas de buscas. O trabalhador morreu soterrado em grãos na segunda-feira (04/07), em Chapadão do Sul, a 316 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com os bombeiros, foram utilizadas duas viaturas e seis militares durante o resgate do corpo, que estava preso a uma das bicas do silo. O maquinário teve de ser esvaziado para retirada do trabalhador.

Ainda segundo os militares, o corpo ficou submerso a 5 metros de profundidade e as buscas foram concluídos por volta das 14h, desta terça. Peritos da Polícia Civil também foram ao local e investigam as circunstâncias do acidente.

Entenda o caso

Elias Venâncio da Silva, de 47 anos, morreu soterrado por grãos, na tarde de segunda-feira (04/07), em Chapadão do Sul, a 316 km de Campo Grande. Este é o segundo caso, em 21 dias, na cidade.

Natural do Paraná, o trabalhador tentava desobstruir um dos silos de uma empresa para qual trabalhava na saída para Cassilândia, quando acabou caindo dentro do maquinário após escorregar. Ele não usava equipamentos de segurança.

De acordo com boletim de ocorrência, o funcionário tentava transferir grãos de soja de um silo para outro, quando houve a obstrução.

Segundo caso

No dia 13 de junho, um trabalhador, de 22 anos, morreu após ser soterrado por toneladas de grãos de soja, em Chapadão do Sul. O acidente aconteceu por volta das 17h, em um armazém de cereais às margens da rodovia MS-306.

De acordo com a Polícia Civil, o jovem estaria empurrando grãos para um funil, quando teria soltado o cabo que o segurava por um cinto de segurança. Com isso, ele acabou escorregando e caindo no sumidouro, sendo soterrado pelos grãos.

A vítima era natural do estado do Piauí e estava em Chapadão do Sul há menos de um mês para trabalhar com cereais.

Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui