terça-feira, 24 de novembro de 2020

Campanha leva palestras, triagem e orientações de saúde no combate à Covid-19 em canteiros de obras

Fonte: G1

Nesta sexta-feira (26), foi lançada a segunda etapa da campanha “Com Cuidado Se Constrói”, que promove palestras, triagem e orientações de saúde no combate à Covid-19 em canteiros de obras na Grande Belém. A ação busca atender dois mil trabalhadores.

Em vinte dias de campanha, foram atendidos mais de 600 trabalhadores do setor da construção. O objetivo básico é ampliar, sistematizar e padronizar as ações da entidade nos canteiros, iniciada em março, com as orientações de saúde e segurança para os trabalhadores da construção civil na prevenção do contágio pelo novo coronavírus.

A segunda etapa da ação conta a participação do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil do Município de Ananindeua (Sinteclan) e da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Pará (SRTb-PA).

Na programação, são realizadas palestras, triagem com foco em orientações sobre sintomas da doença, higienização de equipamentos de proteção individuais (EPIs), de maquinários e ambiente de trabalho, uso de máscaras, higiene pessoal no ambiente de trabalho e doméstico, regime de trabalho frente ao distanciamento social ou isolamento, prevenção aos riscos invisíveis, mecanismos de proteção, minimização de riscos. Para evitar o contágio, todos os conteúdos informativos (cartilhas, cards, cartazes, por exemplo) serão repassados ou distribuídos aos trabalhadores por meio digital (e-mail, WhatsApp e redes sociais).

A campanha, promovida Sindicato da Indústria da Construção do Pará (Sinduscon-PA) e o Serviço Social da Indústria do Estado (Sesi-PA), integra a Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes no Trabalho. O lançamento da nova etapa contou com a presença do presidente do Sinduscon-PA, Alex Dias Carvalho, do superintendente adjunto do SRTb-PA, Jomar Sousa Ferreira Lima, e de Osvaldo Moreira Dias, que preside o Sinteclan.

“Sabemos que atravessamos um momento crítico de pandemia, mas acho que com essa iniciativa teremos oportunidade de superá-lo, e, se Deus permitir, os trabalhadores não serão afetados e teremos sucesso em nossos empreendimentos. O Ministério, por meio da Fiscalização do Trabalho, estará sempre aberto para colaborar com quaisquer iniciativas das instituições.”, declarou Jomar Lima.

Artigos relacionados

RJ: rebocador afunda na Bacia de Campos e 18 tripulantes são resgatados com vida

Fonte: G1 Um barco rebocador que fazia a medição da profundidade do oceano na região do Cabo de São Tomé, na Bacia de Campos (RJ),...

Presidente reeleito da Animaseg avalia gestão e aponta prioridades

Por Raira Cardoso/Jornalista da Revista Proteção A nova diretoria da Animaseg (Associação Nacional da Indústria de Material de Segurança e Proteção ao Trabalho) que estará à...

Médicos do Trabalho não podem mais usar dados do prontuário do trabalhador para contestação do NTEP

Por Raira Cardoso/Jornalista da Revista Proteção Cumprindo a decisão do Judiciário que transitou em julgado publicada no dia 2 de outubro, o Conselho Federal de...

Abatedouro terá de cumprir 43 normas para garantir SST

Fonte: Justiça do Trabalho A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho deferiu tutela preventivo-inibitória para determinar que a Bello Alimentos Ltda. cumpra 43 normas...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui