sexta-feira, 24 de junho de 2022

Adoecimento mental entre trabalhadores é tema de estudo lançado pelo Sindicato dos Bancários do RN

Fonte: MPT-RN

No dia 17 de maio, o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte, Luis Fabiano Pereira, participou de evento de apresentação de uma pesquisa sobre adoecimento mental entre trabalhadores do setor bancário do RN. Organizado pelo Sindicato dos Bancários no estado, em parceria com o Nostrum Instituto de Psicologia, a pesquisa realizou um mapeamento-diagnóstico dos trabalhadores e trabalhadoras de bancos, especificamente quanto à incidência de transtornos mentais.

Segundo o sindicato, a preocupação com rendimentos e cumprimento de metas têm sido um dos principais motivos de afastamentos por problemas psicológicos nos últimos anos. A pesquisa foi realizada entre 2020 e 2021 e avaliou o contexto de trabalho das organizações bancárias. De acordo com relatório da pesquisa, 67,7 % dos 443 trabalhadores entrevistados apresentou sintomas de transtornos mentais comuns no período. O estudo também revelou que os cargos com maior incidência desses sintomas são os de gerente e assistente pessoa física/pessoa jurídica.

“A organização do trabalho, ao legitimar a padronização dos comportamentos e das rotinas, promove a desapropriação do saber, podendo acarretar efeitos negativos na saúde física e psíquica dos trabalhadores”, relaciona o diretor de Saúde e Condições de Trabalho do sindicato, José Robério Paiva.

Os dados levantados pela pesquisa foram reunidos em uma cartilha, lançada no evento. A publicação reúne instruções de prevenção, monitoramento e controle da saúde mental dos trabalhadores.

Para conhecer a cartilha, acesse: https://link.mpt.mp.br/V3CqAkQ

Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui