Livro Escravidão Contemporânea é lançado no Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo


Divulgação/Sinait
Data: 29/01/2020 / Fonte: Sinait

São Paulo/SP – Na noite desta terça-feira, 28 de janeiro, Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, foi lançado o livro Escravidão Contemporânea, organizado pelo jornalista e cientista político Leonardo Sakamoto, na Livraria da Vila, em São Paulo. O Auditor-Fiscal do Trabalho Renato Bignami esteve presente, como autor de um dos artigos da obra e também como representante do SINAIT.

A noite de autógrafos começou com um bate-papo de alguns autores com o público presente. Além de Bignami, o organizador Leonardo Sakamoto, o procurador do Trabalho Tiago Cavalcanti e Frei Xavier Plassat, da Comissão Pastoral da Terra, responderam perguntas e autografaram dezenas de exemplares. Entre o público, as Auditoras-Fiscais Lívia Ferreira – coordenadora do projeto de Combate ao Trabalho Escravo da Superintendência Regional do Trabalho de São Paulo e diretora da Delegacia Sindical do SINAIT em São Paulo, Beatriz Montanhana e Cristina Serrano. Segundo Sakamoto, o livro será lançado, em breve, em outras capitais do País.

A obra

O livro reúne grandes especialistas nacionais e estrangeiros que mostram o que é o trabalho escravo contemporâneo, sua história recente, como ele se insere no Brasil e no mundo, o que tem sido feito para erradicá-lo, e por que tem sido tão difícil combatê-lo. Uma obra necessária, uma ferramenta para uma das mais importantes batalhas de nosso tempo. Afinal, enquanto qualquer ser humano for vítima de trabalho escravo, a humanidade não será, de fato, livre.

A obra é um marco na literatura nacional sobre o tema e conta com dois de seus capítulos escritos por Auditores-Fiscais do Trabalho, comprovando a centralidade do Sistema Federal de Inspeção do Trabalho no enfrentamento a essa gravíssima violação de direitos fundamentais.

O capítulo “Como o mundo enfrenta o trabalho escravo contemporâneo”, que foi escrito pelo AFT Renato Bignami, profundo conhecedor do tema, trata de compilar uma série de experiências internacionais bem como analisar as evoluções legislativas de alguns países selecionados no tocante às principais tendências quanto à responsabilização de empresas por violações de direitos humanos, dentre eles, o trabalho escravo.

“Parti da análise do tema da promoção de trabalho decente em cadeias produtivas, inspirado pela forma pioneira pela qual atuamos em São Paulo desde 2010. Mais adiante no capítulo, abordo legislação de vários países, para mostrar que aos poucos vai se observando uma tendência mundial de combate ao problema. Focar esta perspectiva foi meu objetivo, para que o leitor brasileiro tivesse acesso ao que há de mais atual em outras nações do mundo no que diz respeito a esse enfrentamento e à responsabilização no âmbito das cadeias produtivas”, detalha.

Já o capítulo “Histórias de liberdade”, elaborado por André Roston, reúne uma série de narrativas compiladas durante sua experiência como coordenador do Grupo Móvel de Combate ao Trabalho Escravo. “São histórias que ilustram algumas das formas mais desumanas de abuso e superexploração que testemunhei. Mas também mostram o poder transformador da realidade das ações, tanto para efetivar direitos e reafirmar a dignidade para aqueles que são resgatados quanto para melhorar as condições gerais de trabalho nas regiões ou setores econômicos em que atuamos”, explica Roston.

Artigos relacionados

Finalistas do Prêmio Proteção Brasil serão divulgados em live realizada na sexta-feira

Por Bruna Klassmann/Jornalista da Revista Proteção Na sexta-feira, dia 3 de julho, às 11 horas, será divulgado os finalistas...

Live abordará sobre a revisão das normas de EPIs contra queda de altura

Por Bruna Klassmann/Jornalista da Revista Proteção A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) publicou as revisões de sete Normas...

Live da Proteção focará na atuação dos SESMTs em tempos de Covid-19

Por Bruna Klassmann/Jornalista da Revista Emergência Os profissionais de saúde e segurança do trabalho enfrentam desafios diários diante da...

Programa Trabalho Seguro maratona lives sobre trabalho decente em tempos de crise

Fonte:Tribunal Superior do Trabalho O Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Programa Trabalho Seguro) da Justiça do...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui