quarta-feira, 29 de junho de 2022

Artigo – Saúde Ocupacional: Atenção na atividade – Ed. 362

Estudo de caso revela perfil ocupacional de cirurgiões-dentistas de município mineiro

A Saúde Ocupacional na Odontologia é um tema atual devido aos riscos ergonômicos, químicos, biológicos e físicos que podem comprometer a saúde de cirurgiões-dentistas. De acordo com a NR 9, o risco ocupacional é a chance de ocorrência de danos e/ou perdas, devido a evento adverso. Estudo sobre avaliação da dor e lesões ocasionados pelo trabalho de cirurgiões-dentistas cita que em muitas situações as influências negativas do risco ocupacional causado por diferentes fatores aos profissionais da odontologia se acumulam com o passar dos anos, manifestando-se no término de suas carreiras.

Nesse cenário, o presente estudo de caso tem como problematização questionar sobre quais riscos ocupacionais e problemas de saúde cirurgiões dentistas estão sujeitos? A hipótese abordada refere-se aos riscos que o cirurgião-dentista está sujeito ao atender um paciente e os riscos no decorrer da sua jornada de trabalho que podem ser prejudiciais a sua qualidade de vida.

O objetivo geral da pesquisa foi apresentar os riscos e problemas de saúde aos quais estes profissionais estão sujeitos e como objetivos específicos: caracterizar estes riscos; apresentar algumas Normas Regulamentadoras a serem observadas durante suas atividades; relatar sobre a incidência de uso de Equipamentos de Proteção Individual.


Dados dos autores:

Luciano Mário Gonçalves – Engenheiro de Produção e engenheiro de Segurança do Trabalho
[email protected]

Alexandre Pinto da Silva – Professor de Saúde e Segurança do Trabalho; Mestre pela UFMG; Engenheiro de Segurança do Trabalho; Higienista Ocupacional Certificado pela ABHO-HOC 009
[email protected]

Confira o artigo completo na edição de fevereiro da Revista Proteção.


Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui