quarta-feira, 29 de junho de 2022

Artigo – Perícias em SST: Alternativa viável – Ed. 363

Estudo analisa a realização de perícias judiciais por videoconferência durante a pandemia

A finalidade deste artigo é informar sobre a investigação dos impactos da realização das perícias judiciais de periculosidade e de insalubridade por videoconferência no âmbito da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Sul (TRT 4), após a imposição do isolamento social decorrente da pandemia da Covid-19.

Uma perícia tradicional, realizada por engenheiro de Segurança do Trabalho, contempla algumas tarefas distintas, dentre elas: nomeação do perito, agendamento da perícia, solicitação de documentos, análise do processo e dos documentos, entrevista com as partes relacionadas, inspeção no local de trabalho e produção do laudo pericial. Sendo assim, coube-nos avaliar quais os reais impactos da nova metodologia, que muda a forma de realização da entrevista ao mesmo tempo em que sugere a não realização da inspeção no local de trabalho, tendo em vista a natureza remota da atividade.

As providências que tornaram pos­síveis a realização das perícias por videoconferência sofreram críticas e estiveram sujeitas a dúvidas, principalmente no que diz respeito à redução da qualidade das perícias realizadas sem a inspeção no local de trabalho. Entretanto, já existem relatos de que a nova metodologia tem cumprido o seu papel de forma satisfatória, viabilizando o andamento dos processos ao mesmo tempo em que tem garantido a segurança e a satisfação de todos os envolvidos frente às necessidades de isolamento social.


Dados do autor:

Harrison da Silveira Vianna – Engenheiro de Produção e de Segurança do Trabalho com Especialização em Finanças.
[email protected]

Nota | Artigo escrito a partir do Trabalho de Conclusão de Curso – Centro Universitário Metodista – IPA – Porto Alegre, 2021.

Confira o artigo completo na edição de março da Revista Proteção.


Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui