Artigo – Gestão de riscos: desconhecimento fatal – Ed. 344

Equipamentos pressurizados usados em cervejarias artesanais devem atender à NR 13

E 2019 chega ao fim. Sem sombra de dúvidas um ano de muitos acontecimentos: posse do novo Presidente da República, Brasil dando sinais de retomada econômica em diversos setores, um novo, inesperado e ainda discreto vírus que viria a transformar o mundo moderno como o conhecemos, com consequências terríveis para a economia e para a vida de milhares de pessoas.

No Brasil, diversas famílias ansiosas com os preparativos para as festividades da última semana do ano. Afinal, todos querem esquecer ou comemorar o ano que passou.

E claro, para estas festas não pode faltar uma das bebidas mais tradicionais dos brasileiros: a cerveja. Pesquisas apontam que a cerveja é responsável por uma fatia de 63% no consumo de bebidas alcoólicas no país. A bebida em geral faz parte de reuniões familiares ou com grupos de amigos. Mas para familiares de 42 pessoas, os últimos meses de 2019 e o início de 2020 foram marcados por pânico e desespero gerado pela intoxicação no consumo desta bebida.


Dados do autor:

Walter Luís Künzel – Engenheiro Mecânico, CEO e Fundador da B&K Engenharia
[email protected]
www.bekengenharia.com.br

Confira o artigo completo na edição de agosto da Revista Proteção.


Artigos relacionados

10 mudanças no trabalho humano e questões ergonômicas do ‘novo normal’

As mudanças ocorridas no mundo do trabalho após 14 de março são enormes, com impactos em Ergonomia e em Organização do Trabalho....

Histórias divertidas vivenciadas por profissionais de SST – 2020

"Causos da Prevenção" publica alguns fatos vivenciados por profissionais de SST. Se você tem uma história interessante ou...

Notícias dos Tribunais – Ed. 345

Acordo extrajudicial da Vale A Vale fechou um acordo extrajudicial com o INSS, por meio do qual se...

Entrevista: Agenda impactada – Ed. 345

Por Daniela Bossle/Editora e Jornalista da Revista Proteção Mesmo com ano difícil, a SIT garante que transparência e construção...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui