Órgãos avaliam atendimentos após explosão no Líbano

Uma semana após a explosão devastadora que ocorreu em Beirute, capital do Líbano, em 4 de agosto, a MSF (Médicos Sem Fronteiras) está fornecendo suporte médico à população da cidade. As atividades estão concentradas no tratamento de ferimentos, na continuidade dos cuidados para pacientes com doenças crônicas e no apoio à saúde mental para pessoas afetadas pela explosão. Até o momento, mais de 150 pessoas morreram, mais de 6.000 pessoas ficaram feridas e muitas outras continuam desaparecidas em uma cidade abalada pela grave crise econômica e os impactos da pandemia da Covid-19.

Saiba mais no site da Emergência+.

Artigos relacionados

ABNT debate Norma para instrutores de equipes de emergência

A Comissão de Estudos (CE) de Planos e Equipes de Emergência do Comitê Brasileiro de Segurança contra Incêndio (CB 24) da Associação...

Live da Emergência abordará a prevenção e combate dos Incêndios Florestais

Os incêndios florestais no Brasil cresceram de forma acelerado ao longo deste ano em quase todos os biomas, de acordo com informações...

Coordenador da CE comenta a nova ABNT NBR 16877

No dia 19 de agosto, foi publicada a Norma ABNT NBR 16877:2020 (Qualificação profissional de bombeiro civil – Requisitos e procedimentos), desenvolvida...

Notificações de incêndios estruturais aumentam 16% até julho

As notificações de incêndios estruturais apresentaram aumento em 2020. É o que revela levantamento do Instituto Sprinkler Brasil, organização sem fins lucrativos...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui