sábado, 24 de outubro de 2020

SST na Indústria da Construção: foco na gestão – Ed. 339

Por Raira Cardoso/Jornalista da Revista Proteção

Publicada em fevereiro, a nova NR 18 procura ser mais objetiva e eficiente ao concentrar-se no que as empresas devem fazer, deixando o ‘como fazer’ a cargo dos prevencionistas

Mais ‘enxuta’. Essa foi a descrição usada por muitos dos representantes do Grupo Técnico Tripartite da NR 18 (Condições de Segurança e Saúde no Trabalho na Indústria da Construção) que trabalharam na elaboração do novo texto. Mais do que isso, garantem que a atualização da Norma Regulamentadora, publicada no mês passado, resultou em uma legislação mais consistente, que não fere em nada as questões relacionadas à segurança e à saúde dos colaboradores dos canteiros de obras.

Dentre as principais mudanças está a substituição do PCMAT (Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria de Construção) e do PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) pelo PGR (Programa de Gerenciamento de Riscos). Assim como a harmonização da norma com outras NRs revisadas recentemente, ou em processo de revisão, como a 1 (Disposições Gerais), 7 (PCMSO), 10 (Eletricidade) e 12 (Máquinas e Equipamentos).

Identificada por muitos como uma norma de gestão, que aponta ‘o que fazer’, sem mais determinar o ‘como fazer’, atribui mais responsabilidades aos profissionais de SST que atuam na indústria da construção. Explicando as mudanças de modo mais detalhado, os especialistas chamam atenção nesta reportagem para os prazos de vigência. Prevencionistas do setor aproveitam para avaliar os impactos das mudanças.

Confira a reportagem completa na edição de março da Revista Proteção.


Artigos relacionados

Nova NR 31 é assinada e eSocial tem novo calendário de implementação

Por Martina Wartchow/Jornalista da Revista Proteção A nova NR 31 (Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária, Silvicultura,...

Consultor alerta sobre importância de encaminhar recursos do FAP no prazo

Por Martina Wartchow/Jornalista da Revista Proteção A Portaria nº 21.232 da SEPRT (Secretaria Especial de Previdência e Trabalho), que...

Agenda de revisão das NRs pode mudar com queda da liminar em ação do MPT

Por Martina Wartchow/Jornalista da Revista Proteção A CTPP (Comissão Tripartite Paritária Permanente) deve seguir, inicialmente, com a agenda de...

Secretaria do Trabalho avalia pedido da Animaseg por mais prazo para CA

Por Martina Wartchow/Jornalista da Revista Proteção A Animaseg (Associação Nacional da Indústria de Material de Segurança e Proteção ao...